quinta-feira, 18 de novembro de 2010

cirurgia plastica

A busca pelo tão sonhado corpo perfeito tem levado cada vez mais pacientes a procurarem as clinicas de cirurgia plastica. Quem não gosta de se sentir feliz, mais magra, mais jovem, se sentir mais bonita e estar de bem com a vida e com o espelho? Entretanto, em muitos casos, o sonho da cirurgia plastica esbarra na realidade financeira do paciente. Há até algum tempo atrás, a cirurgia plastica era considerada um privilégio para poucos, porém, na Clinica Bioplastica , nós procuramos tornar o sonho da cirurgia plastica uma realidade possivel para nossos pacientes. Contando com milhares de clientes satisfeitos, a Bioplastica se tornou especialista em fazer as pessoas mais felizes. Através de parcerias com hospitais especializados, conseguimos oferecer a nossos pacientes os melhores preços em cirurgia plastica, ao mesmo tempo que mantemos níveis de qualidade e segurança acima dos padrões exigidos. Após sua consulta de avaliação na Bioplastica, nossos médicos irão lhe informar os custos de sua cirurgia plastica e as diversas formas de parcelamento disponiveis em nossa clinica, para que você possa pagar sua cirurgia plastica parcelada da forma que melhor lhe convém.Os pacientes que se submetem a cirurgia plastica em nossa clinica, passam por uma verdadeira transformação, física e emocional, que é sempre motivo de orgulho para equipe médica da Bioplastica. Nós sabemos o quanto a sua auto estima, confiança e modo de encarar a vida irão se elevar, quando após a cirurgia plastica , a paciente se confronta com o espelho e percebe que alcançou o corpo que sempre quis e do qual realmente pode se orgulhar. Ligue para Bioplastica no tel (021) 2284-1721 ou 3547-8621 e agende uma consulta de avaliação. O seu sonho de cirurgia plastica pode estar mais perto de se tornar realidade do que você imagina!

cirurgia plastica

A busca pelo tão sonhado corpo perfeito tem levado cada vez mais pacientes a procurarem as clinicas de cirurgia plastica. Quem não gosta de se sentir feliz, mais magra, mais jovem, se sentir mais bonita e estar de bem com a vida e com o espelho? Entretanto, em muitos casos, o sonho da cirurgia plastica esbarra na realidade financeira do paciente. Há até algum tempo atrás, a cirurgia plastica era considerada um privilégio para poucos, porém, na Clinica Bioplastica , nós procuramos tornar o sonho da cirurgia plastica uma realidade possivel para nossos pacientes. Contando com milhares de clientes satisfeitos, a Bioplastica se tornou especialista em fazer as pessoas mais felizes. Através de parcerias com hospitais especializados, conseguimos oferecer a nossos pacientes os melhores preços em cirurgia plastica, ao mesmo tempo que mantemos níveis de qualidade e segurança acima dos padrões exigidos. Após sua consulta de avaliação na Bioplastica, nossos médicos irão lhe informar os custos de sua cirurgia plastica e as diversas formas de parcelamento disponiveis em nossa clinica, para que você possa pagar sua cirurgia plastica parcelada da forma que melhor lhe convém.Os pacientes que se submetem a cirurgia plastica em nossa clinica, passam por uma verdadeira transformação, física e emocional, que é sempre motivo de orgulho para equipe médica da Bioplastica. Nós sabemos o quanto a sua auto estima, confiança e modo de encarar a vida irão se elevar, quando após a cirurgia plastica , a paciente se confronta com o espelho e percebe que alcançou o corpo que sempre quis e do qual realmente pode se orgulhar. Ligue para Bioplastica no tel (021) 2284-1721 ou 3547-8621 e agende uma consulta de avaliação. O seu sonho de cirurgia plastica pode estar mais perto de se tornar realidade do que você imagina!

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Digão passará por nova cirurgia no Fluminense

Depois de sentir dores no pé esquerdo e abandonar o treino do futebolistico Fluminense de quarta-feira, o zagueiro Digão passou por uma ressonância magnética que detectou uma fratura na base do quinto metatarso. Assim, ele passará por nova cirurgia e só deve retornar aos gramados em dois meses. Os problemas de Digão começaram no final de 2009, quando fraturou o pé direito. Em seguida, voltou a sentir dores e passou por uma cirurgia em junho. O grande zagueiro então se recuperou e estava voltando a treinar quando sentiu o novo problema. "Baseado no histórico do jogador, vamos optar por uma intervenção cirúrgica que será realizada nos próximos dias. Acredito que essa lesão tenha se repetido, dessa vez no pé oposto, por ele ter uma propensão, deve ser pelo formato anatômico do pé", avaliou o médico do Fluminense, Michael Simoni. "A estimativa para voltar a treinar é novamente de dois meses".

sábado, 17 de julho de 2010

Cirurgia do Abdomen (Abdominoplastia ou Dermolipectomia)

Indicação:
Com o envelhecimento, gravidezes, alternância de engorda e emagrecimento, ocorre um abaulamento flácido do abdômen, formado por sobra de gordura e principalmente de pele.

A dermolipectomia abdominal, conhecida também como abdominoplastia remodela o abdômen ao retirar o excesso de tecido (pele e gordura) que se acumula abaixo do umbigo e ao ajustar a cinta muscular frouxa. Não é uma cirurgia para emagrecer e sim para o remodelamento do abdômen.

No caso de pacientes que além de flacidez e excesso de pele apresentam gordura localizada no abdômen, a lipoaspiração poderá ser associada para retirar a gordura, enquanto a abdominoplastia corrige a flacidez e o excesso de pele.

Tipo de anestesia:
Geralmente a anestesia é peridural, podendo ser utilizada a geral e raramente a local.

Tempo de internação:
Geralmente 24 horas, dependendo da recuperação e da orientação do médico.

Pós-operatório:
O paciente fica com o dreno abdominal por alguns dias e que será retirado conforme a orientação do seu médico, tendo como referencial o volume drenado diário. O dreno serve para drenar o liquido que se forma abaixo da pele, evitando que ele se acumule (seroma), facilitando assim a cicatrização e a recuperação mais rápida.

Deve-se evitar esforços e manter-se em uma postura curvada por até 15 dias, para evitar tensão na cicatriz. Exercícios físicos devem ser evitados por no mínimo 1,5 mês. Deve-se usar uma cinta elástica por ao menos 1,5 mês, ou pelo período estipulado pelo médico. São indicadas sessões de ultrassom e drenagem linfática, depois de 7 dias da cirurgia, com intúito de evitar o acumulo de liquido local, facilitar desinchar e a cicatrização interna.

A cicatriz costuma ficar avermelhada por alguns meses, tendendo a clarear entre 6 meses e um ano, dependendo do tipo de pele e genética do paciente.

Complicações:
Dentre as complicações possíveis, mas infreqüentes, podem ser citados: hematoma, seroma, infecção, sofrimento da pele, deiscência (abertura da sutura) e problemas anestésicos.

Entretanto, quando a indicação da cirurgia é precisa, a técnica cirúrgica bem executada, os cuidados pré e pós-operatórios seguidos, as complicações são raras.
Por serem as complicações mais frequentes em paciente fumantes, estes devem abster-se do cigarro por um mês antes da cirurgia, para minimizar os riscos.

Resultado definitivo:
O resultado definitivo da dermolipectomia é atingido após 6 meses da cirurgia, período necessário para a acomodação dos tecidos e amadurecimento da cicatriz.

Cirurgia bariátrica

A cada ano, milhares de pessoas que passaram a vida lutando contra a balança enfrentam uma cirurgia para redução do estômago no Brasil. A cirurgia bariátrica é apenas o começo de outra luta. Devido à alta complexidade do procedimento, diversos profissionais devem trabalhar em conjunto antes, durante e depois da intervenção.

De acordo com a nutricionista Luciana Roriz Machado, da equipe do Ganep - Grupo de Nutrição Humana, o perfeito entrosamento da equipe multidisciplinar, formada por médico cirurgião, gastroenterologista, nutricionista, psicólogo, fisioterapeuta e fonoaudiólogo, entre outros, é parte fundamental no sucesso da cirurgia. Por este motivo, o tema é um dos destaques do II Congresso Brasileiro de Nutrição Integrada-CBNI/Ganepão 2007, que acontece de 14 a 16 de junho de 2007, debatendo este e outros conceitos científicos em torno do tema Nutrição Clínica: da Biologia Molecular à Beira do Leito.

Mamoplastia - Cirurgia de Silicone



Indicação:
A mamoplastia de aumento, conhecida também como cirurgia da prótese de mama, é indicada para os pacientes com mamas pequenas ou que após amamentação tiveram grande redução do volume mamário, sem que houvesse ptose da mama (queda da mama).

Durante algum tempo especulou-se que a prótese de silicone poderia trazer prejuízo à saúde da mulher (câncer de mama, doenças reumáticas, etc.). Após extensos estudos realizados pelos Estados Unidos, ficou comprovada a inexistência destes malefícios.

É recomendável a troca periódica das proteses para se evitar o desgaste das mesmas. Devido à crescente qualidade das proteses, estima-se que a troca deverá ser realizada em torno de 20 anos.

Tipo de anestesia:
Local com sedação, peridural ou geral.

Técnica Cirúrgica:
A prótese de mama pode ser colocada através de 3 incisões diferentes (periareolar = envolta da aréola, submamária = no sulco da mama ou axilar = através da axila). A localização da prótese também pode ser em dois espaços diferentes: embaixo da glândula ou abaixo do músculo.

Cada método tem suas vantagens e desvantagens, devendo ser a escolha feita em conjunto pelo médico e paciente, após discussão sobre os prós e contras de cada técnica.

1. Anestesia local com sedação ou geral.
2. A incisão é feita no local pré determinado (periareolar, submamária ou axilar).
3. Descola-se o plano em que a prótese será colocada, formando um espaço vazio (sob a glândula ou sob o músculo).
4. Insere-se a prótese na mama.
5. Sutura-se a gordura e a pele.

Tipos de próteses de mama:
Há vários tipos e modelos de próteses de mama, cada uma com uma indicação dependendo do tipo de mama da paciente e do plano a ser colocado (subglandular ou submuscular).

As próteses de mama podem variar de perfil, de conteúdo e de envoltório. O perfil (forma) pode ser redondo (baixo,moderado, alto) ou anatômico ("gota"), conforme a projeção da prótese. O conteúdo pode ser de silicone ou de soro fisiológico (prótese salina). O envoltório da prótese também pode variar, sendo texturizado ou liso.

A escolha da prótese de mama ideal será feita na consulta médica, quando o cirurgião examinará a paciente e escolherá a melhor prótese para produzir um melhor resultado para o aumento das mamas, que em cada paciente é diferente.

Geralmente no Brasil se escolhe a prótese de silicone, texturizada, redonda ou anatômica.

Tempo de internação:
De 12 a 24 horas.

Pós-operatório:
O pós-operatório da mamoplastia de aumento costuma ser tranqüilo, pouco doloroso. Deve-se evitar esforços com os braços por 1 mês. O dreno é retirado geralmente no 1o ou 2o dia pós-operatório.

Complicações:
Apesar de raras, podem ocorrer: hematoma, infecção, extrusão da prótese, contratura da cápsula que é formada ao redor da prótese e problemas anestésicos.

Resultado definitivo:
O resultado quanto à forma já é bastante evidente no pós operatório.. Durante o primeiro mês há a redução do edema (inchaço) e a cicatrização ganha força. Como toda Cirurgia Plástica, o resultado definitivo da mamoplastia de aumento se dá após os 6 meses, devido ao amadurecimento da cicatriz.

Lipoaspiração e Lipoescultura

Indicação:

A lipoaspiração é uma cirurgia para a redução do volume de gordura corporal, em áreas localizadas, conferindo ao paciente um melhor contorno corporal. Embora muitos pensem, a lipoaspiração não é feita para perder peso, pois a maior mudança se dá na silhueta corporal e não balança.

Os melhores resultados são obtidos nas lipoaspirações em que o paciente apresenta gordura localizada. Cirurgias em áreas extensas e grandes volumes têm maior probabilidade de deixar irregularidades.

No caso da lipoescultura, parte da gordura aspirada é usada para enxertar áreas em que se precisa um maior preenchimento (glúteo, sulcos da face, etc.).

Tipo de anestesia:
Depende da área a ser operada e do volume de gordura a ser lipoaspirado. Pode ser desde a anestesia local, local com sedação, peridural, ou geral.

Tempo de internação:
Varia de 12 a 24 horas, dependendo do tamanho da lipoaspiração.

Técnica Cirúrgica - Ilustrações

Clique na imagem e veja mais.

Pós-operatório:
Geralmente há edema (inchaço) e equimoses (manchas roxas), que resolvem sozinhos em 21 dias , na maioria dos casos.
Durante o 1o mês depois da Lipoaspiração o paciente apresenta notável melhora do edema, quando então passa a notar endurecimento na área operada, decorrente da cicatrização interna. Este endurecimento melhora progressivamente durante o 2o e 3o meses, época na qual ocorre uma maior retração da pele. Uma cinta elástica deve ser usada por 1,5 mês e é indicada drenagem linfática e ultrassom a partir de 7 dias da cirurgia, no intuito de acelerar a recuperação, reduzir o inchaço e o endurecimento.

Complicações:
São raras as complicações em lipoaspiração, porém podem ser citadas: hematoma, seroma, irregularidades, infecção, trombose, acidentes durante a cirurgia e problemas anestésicos.

O seroma, a complicação mais comum em grandes lipoaspirações, é o acúmulo de um liquido claro na região operada, formando como uma “bolsa de água”. Nestes casos procede-se ao esvaziamento através de punções, com resolução do problema e sem prejuízo do resultado. Pode-se usar drenos em lipoaspirações extensas, o que reduz o risco de seroma, por drenar o liquido formado, evitando assim que este acumule.

Resultado Definitivo:
O resultado definitivo da Lipoaspiração se dá após 6 meses, porém chega-se a 80% aos 4 meses.

Como escolher um Cirurgião Plástico

A cirurgia plástica no Brasil bate todos os recordes. E a cada ano mais e mais pessoas estão recorrendo as clínicas de cirurgia plástica para corrigir algum defeito e ficar mais próximo do corpo. E as cirurgias plásticas estão longe de ser uma vaidade feminina. Homens também procuram cirurgiões plásticos em busca de cirurgias cada veze menos invasivas e com menores cicatrizes.

Mas para que a cirurgia plástica dar certo, o resultado for positivo e você ficar com o corpo perfeito é preciso que você primeiro escolha um bom cirurgião plástico para fazer o tipo de cirurgia plástica que deseja, seja ela qual for.

Na hora de escolher um bom profissional pense que um bom cirurgião deve na hora da consulta:

* - Saber e perguntar sobre suas expectativas com a cirurgia plástica


* - Dar conselhos de qual procedimento é o mais indicado para as suas necessidades


* - Dar informações sobre o procedimento cirúrgico como: nível de complexidade, tipo de anestesia, a internação, o repouso, as restrições na vida cotidiana, os cuidados em longo prazo.


* - Deixar claro os riscos envolvidos


* - Ser natural quando você perguntar sobre sua formação, qualificações profissionais, experiências e formas de pagamos


* - Deixar a decisão final para você.


* - pedir todos os exames pré-operatórios, como o sangüíneo, o clínico, o cardiológico e até o raio X do tórax.


* - Tirar fotografias da região do corpo que sofrerá a cirurgia


Além disse tome certos cuidados na hora de escolher:

* - Peça indicações de amigas que já fizeram cirurgia. Não escolhe ao acaso.


* - Peça a um medico da família uma indicação


* - Confira se o se o médico recomendado tem especialização em cirurgia plástica e está ligado à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).


* - Veja o medico participa de congressos e palestras, apresentação de trabalhos, publicações e o número de cirurgias realizadas


* - Marque consulta com pelo menos dois medicos e compare


* - Certifique-se de que o cirurgião é credenciado nos bons hospitais da cidade, mesmo que tenha a própria clínica e centro cirúrgico


* - Certifique-se que o cirurgião é especilista na área do corpo que você quer modificar

Como planejar uma cirurgia Plástica

Planejar fazer uma cirurgia plástica começa em saber qual parte do corpo você quer mudar. Depois procurar saber informações importantes para o sucesso da cirurgia:

* - Tipo de anestesia


* - Tempo de cirurgia e se é preciso ter internação


* - Verifique se é preciso de um tratamento pré-operatório e como será o pós operatório da cirurgia.


* - Guarde dinheiro para tratamento estético como a drenagem linfática.


* - Saiba os riscos da sua cirurgia, se deixa cicatrizes grandes.


* - Escolha um cirurgião plástico especialista no que você quer modificar


* - Veja se existe tratamento alternativo não cirúrgico para tratar a área.


* - Veja quais os resultados podem ser alcançados com a cirurgia no seu corpo. Lembre-se seu corpo nunca ficará igual ao da sua amiga

A história da Cirurgia no mundo

Em 2001, arqueólogos estudando os restos de dois homens de Mehrgarh, Paquistão, que são um povo da Civilização do Vale do Indo, inclusive anterior ao período Harappa, tinham o conhecimento da medicina e odontologia. Os antropólogos que conduziram estas investigações descobriram indícios que um dente tinha sido perfurado há 9.000 anos.

Pesquisadores mais curiosos e competentes descobriram uma mandíbula no Antigo Egito, datada aproximadamente de 2750 A.C, com duas perfurações logo abaixo da raiz do primeiro molar, indicando a realização de uma drenagem de um abscesso no dente. Escavações recentes nos locais de trabalhos da construção da Pirâmides do Egito também levaram à descoberta de evidências de cirurgias no cérebro em um trabalhador que continuou vivo por mais dois anos após os procedimentos.

O médico índiano Sushruta (600 A.C) é uma importante figura na história da cirurgia. Ele viveu, ensinou e praticou sua arte cirúrgica nas margens do Ganges na área que corresponde atualmente a cidade de Benares no Norte da Índia. Devido as suas numerosas contribuições para ciência e arte da cirurgia ele é também conhecida como o "Pai da Cirurgia". Muito do que conhecemos a respeito da cirurgia investigativa está contido em uma série de volumes de sua autoria, os quais são coletivamente conhecidos como as Susrutha Samhita. Este é o mais antigo texto cirúrgico e ele descreve nos mínimos detalhes a exploração, diagnóstico, tratamento, e prognósticos de numerosas indisposições, como também a realização de um cirurgia plástica.

Cirurgias são hoje consideradas como uma especialização da medicina, mas profissão de cirurgião e de medico tem raízes históricas. Por exemplo, a tradição era contra a abertura do corpo e o Juramento de Hipócrates conclama aos médicos contra a pratica da cirurgia, especialmente que corta as pessoas com pedras, isto é, litotomia, uma operação para retirar pedras o rim, era para ser deixada para pessoas com tais praticas. Certamente, a maioria do conhecimento da cirurgia veio para discecação de corpos, uma ciência a qual era repulsiva para muitos médicos.

Por volta do século XIII, muitas cidades Européias exigia que os cirurgiões tivessem vários anos de estudo ou treinamento antes que eles pudessem praticar. As Universidades de Montpellier, Padua e Bologna eram particularmente interessadas no lado acadêmico da Cirurgia, e por volta do século XV, Cirurgia ainda era um objeto de estudo separado da medicina. Cirurgia tinha menos status que a medicina pura, isto continuou até que Rogerius Salernitanus compôs seu Chirurgia, que se tornou uma espécie de manual para cirurgia ocidental, tendo influenciado até aos tempos modernos.

Entre os primeiros cirurgiões modernos estão médicos militares das Guerras Napoleônicas que primeiramente trabalharam com amputação. Cirurgiões navais eram frequentemente cirurgiões-barbeiros, que combinavam a cirurgia com seu trabalho principal de barbeiro.

Em Londres, uma sala de cirurgia antes da moderna anestesia ou assepsia existirem, era aberta ao público. Isto era encontrado em uma sala da Igreja de St Thomas em Southwark. Esta sendo hoje conhecida como a mais antiga sala de cirurgia.